• ODiáriofest
  • ODiáriobuscas
  • Ivoti FM Online
  • O Diário TV
  • Eleições 2016

  • Contato enviado com sucesso!
    Por: JoãoTorres  Publicado em 11/10/2017 16:46:00
    ESTÂNCIA VELHA
    Após fratura, Luiz Filipe ainda aguarda por cirurgia
    Menino de 9 anos pode perder os movimentos do braço esquerdo
    João Víctor Torres
    Luiz Filipe precisa dos cuidados da mãe, Tatiana Cruz Torbes, durante 24h
    Estância Velha – Desde 21 de setembro, a vida de Luiz Filipe Torbes da Silva, 9 anos, mudou radicalmente. A rotina repleta de atividades, disposição e brincadeiras foi interrompida após uma queda sofrida na EMEF Germano Dauernheimer, bairro União. O primeiro atendimento ocorreu no Hospital Municipal Getúlio Vargas (HMGV). Depois de uma bateria de exames foi diagnosticado com uma fratura da metáfise proximal do úmero. Os médicos foram unânimes e reforçaram que o menino necessita de um procedimento cirúrgico urgente. Caso contrário, poderá ter como consequência a perda dos movimentos do braço esquerdo – local mais afetado com o acidente.
    Ainda recebeu a recomendação expressa do corpo clínico para que deixe a região imóvel, pois o osso poderá se movimentar e agravar o quadro. “Sinto muita dor e quando deito também, porque fico muito tempo na mesma posição, estou começando a sentir dores nas costas”, relatou Luiz Filipe. Segundo a mãe, Tatiana Cruz Torbes, 33 anos, o filho começou a sentir febre frequentemente nos últimos dias e apresenta muita dificuldade para dormir.

    SEM RESPOSTAS
    A maior preocupação da família diz respeito à falta de respostas sobre quando o menino terá, de fato, a cirurgia marcada. “No dia 25 de setembro encaminhamos os papeis na Secretaria de Saúde (Semsa), mas fomos informados que não há previsão ainda. Pode demorar 15 dias ou três meses”, disse Tatiana. “Todos os laudos apontam que ele necessita de atendimento urgente e, na última consulta, o médico ficou preocupado, pois o osso acabou se deslocando”, acrescentou.

    O QUE DIZ A PREFEITURA
    A Prefeitura de Estância Velha, por meio da Secretaria de Saúde, confirma que o paciente necessita de tratamento cirúrgico e tem feito todos os esforços possíveis, contatando diariamente a Central de Regulação do município de Canoas – cidade referência dos estancienses nesta especialidade. A pasta complementa que tem buscado apoio junto à 1ª Coordenadoria Regional de Saúde, devido à gravidade da situação e “das possíveis sequelas possam acontecer”, diz o comunicado, como forma de agilizar o atendimento do paciente Luiz Filipe Torbes da Silva. Porém, apesar disso, ainda não há uma previsão para a marcação da cirurgia. 


    Para ver o texto completo, fotos e outros conteúdos privados, Clique aqui.
            Comunicar erros
    COMENTE ESSA NOTÍCIA
    LEIA TAMBÉM
    Desenvolvido por: Andriel Artmann